PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
2 meses

Em vídeo, Ciro Gomes defende combate à corrupção sem 'erros do lavajatismo'

Reprodução/Youtube
Imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

03/07/2021 13h44

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), fez críticas à Lava Jato neste sábado (3). Em vídeo publicado no Twitter, Ciro defendeu a criação de novos mecanismos de combate à corrupção "que não se rendam aos equívocos nem repitam os erros do lavajatismo".

Jamais um pequeno grupo de procuradores e juízes alinhados, ébrios de poder, poderá resolver esse câncer que corrói vários órgãos da nação.
Ciro Gomes

O ex-governador disse, ainda, que o combate à corrupção é uma "tarefa de estado, uma missão institucional". "Não é tarefa para justiceiros nem milicianos de toga", completou.

"Segundo turno será entre mim e Lula"

Em entrevista ao UOL concedida na sexta-feira (2), Ciro afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não estará no segundo turno das eleições de 2022. Segundo o ex-governador, a disputa será entre ele e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Há muito tempo acho que o Bolsonaro não estará no segundo turno. Não sei sequer se estará na eleição. Sairá da cabeça da nação brasileira essa espada que obriga a esquecer todas as contradições do Lula e do PT só para se livrar do mal maior, mais emergente, mais doído, que é a tragédia do genocida e corrupto Bolsonaro.
Ciro Gomes

Veja aqui a íntegra do UOL Entrevista com Ciro Gomes.

Política