PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
5 meses

Bolsonaro diz que ivermectina 'mata bichas' em vídeo exibido na CPI

Do UOL, em São Paulo

11/08/2021 13h45Atualizada em 11/08/2021 14h51

A CPI da Covid exibiu hoje um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) faz um comentário homofóbico ao defender o tratamento precoce contra a covid-19, que não tem eficácia comprovada. Ao falar sobre uso dos remédios para o tratamento da doença, o mandatário riu e, de forma preconceituosa, disse que a "ivermectina mata bicha".

A gravação é do dia 21 de julho, quando Bolsonaro deu uma entrevista à Rádio Jovem Pan de Itapetininga (SP), e está disponível na página dele no Facebook (veja abaixo, no minuto 42 do vídeo).

Na entrevista, Bolsonaro diz que ele e outros funcionários da Presidência tomaram cloroquina e "ninguém foi a óbito". Ele foi diagnosticado com a covid-19 em julho do ano passado.

Em outubro de 2020, a OMS (Organização Mundial da Saúde) rejeitou de forma conclusiva e, em dezembro, contraindicou "fortemente" a utilização do medicamento.

Na sequência, o entrevistador diz que ele e outros profissionais que trabalham na rádio tomaram ivermectina e "ninguém pegou covid". Bolsonaro, então, responde, gargalhando:

Cuidado que a ivermectina mata bichas, hein? Toma cuidado, hein?

Em fevereiro deste ano, a farmacêutica norte-americana MSD (Merck Sharp and Dohme), que produz a ivermectina (mas não vende o produto no Brasil), afirmou que ainda não há evidências de que o medicamento traga benefícios ou seja eficaz no tratamento da covid-19.

CPI ouve diretor de farmacêutica

A CPI da Covid ouve hoje o executivo Jailton Batista, representante da Vitamedic, empresa que obteve crescimento exponencial nas vendas de medicamentos relacionados ao chamado kit covid.

O kit é um conjunto de remédios, como cloroquina e ivermectina, que não tem efeito contra a covid e que é defendido pelo presidente como alternativa de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

O debate sobre o incentivo do governo federal a fármacos sem eficácia no combate à covid é um dos pontos de interesse da CPI da Covid, no Senado, que investiga se houve erros do Ministério da Saúde, por ação ou omissão, durante a pandemia.

"Tem alguma restrição na bula da ivermectina contra a utilização por homossexual, bicha, como falou o Presidente da República?", questionou o relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL). O executivo respondeu que "absolutamente não".

Política