PUBLICIDADE
Topo

Política

Bolsonaro faz novas ameaças golpistas, mas diz 'seguir Constituição'

Do UOL, em Brasília

07/09/2021 11h51Atualizada em 07/09/2021 12h20

Em discurso a apoiadores na manhã de hoje, durante manifestação do 7 de setembro, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a fazer ameaças em tom golpista. Enquanto o público, gritava "fora, Alexandre", numa referência ao ministro do STF Alexandre de Moraes, Bolsonaro disse, sem falar especificamente no nome do STF, que "ou o chefe desse Poder enquadra os seus, ou esse Poder pode sofrer aquilo que não queremos".

"Não aceitaremos que qualquer autoridade usando a força do poder passe por cima da nossa Constituição. Não mais aceitaremos qualquer medida, qualquer ação ou qualquer sentença que venha fora das quatro linhas da Constituição", disse Bolsonaro

"Nós também não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica da região dos Três Poderes continue barbarizando a nossa população. Não podemos aceitar mais prisões políticas no nosso Brasil. Ou o chefe desse Poder enquadra os seus, ou esse Poder pode sofrer aquilo que não queremos. Porque nós valorizamos e reconhecemos o Poder de cada república".

Em seguida, o presidente concluiu: "Nós todos aqui na Praça dos Três Poderes juramos respeitar a nossa Constituição. Quem age fora dela se enquadra ou pede para sair".

Nas últimas semanas, Bolsonaro vem fazendo ataques, de forma indireta ao STF, sem citar diretamente o nome de Moraes. O presidente chegou a pedir o impeachment do ministro, que foi rejeitado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Política