PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolsonarista Allan dos Santos diz que se apresentará quando Interpol agir

Após STF decretar sua prisão, o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos afirmou que só se entregará quando Interpol agir - Reprodução
Após STF decretar sua prisão, o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos afirmou que só se entregará quando Interpol agir Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

22/10/2021 09h47Atualizada em 22/10/2021 10h58

Após ter prisão preventiva decretada, o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos afirmou que só se apresentará quando a Interpol agir. Ele é acusado de crimes ligados à comunicação e de usar o canal Terça Livre para a prática de lavagem de dinheiro.

O pedido de Alexandre de Moraes [do STF] precisa ser acatado pela Interpol. Uma vez acatado eu mesmo faço questão de me apresentar seja onde for.
Bolsonarista Allan dos Santos comenta decisão do STF em boletim do Terça Livre

Allan dos Santos mora nos Estados Unidos e teve prisão preventiva decretada no último dia 5 pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal). Ele é alvo de duas investigações na Corte.

O bolsonarista acrescentou que usará "de todos os requisitos dos quais tenho direito nos Estados Unidos, mesmo como imigrante". As declarações foram dadas em boletim do Terça Livre, transmitido ontem à noite.

Moraes agiu a pedido da PF (Polícia Federal) no inquérito das milícias digitais, que apura a atuação de grupos na internet contra a democracia e as instituições. Santos, que está nos Estados Unidos há mais de um ano, será incluído na difusão vermelha da Interpol, voltada a localizar foragidos no exterior.

Moraes também acionou o Ministério da Justiça e a embaixada do Brasil nos EUA para que o influenciador, dono do site Terça Livre, seja extraditado.

O pedido de prisão foi feito pela PF no dia 16 de setembro, com o argumento de que Santos "prossegue praticando crimes" mesmo depois de deixar o Brasil.

Política