PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Marcelo Ramos agradece respeito de Valdemar e confirma saída do PL

O deputado federal Marcelo Ramos, vice-presidente da Câmara, anunciou saída do PL - Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
O deputado federal Marcelo Ramos, vice-presidente da Câmara, anunciou saída do PL Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

07/12/2021 17h32

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (AM), anunciou a saída "amigável" do PL e agradeceu o respeito do presidente do partido, Valdemar da Costa Neto. O político explicou que ambos entraram em consentimento e que Valdemar assinou a carta que autoriza a desfiliação, bem como a posição de Ramos na Casa.

"Seria um constrangimento para o presidente, para o partido, ter um dos seus membros criticando o presidente vez por outra, e seria por outro lado um constrangimento para mim ser filiado ao mesmo partido de um presidente que eu não acredito que seja o melhor para o futuro e o mais seguro para o futuro do nosso país", disse Marcelo Ramos, em entrevista à CNN Brasil.

O deputado reconheceu que foi recebido com "muito carinho" e respeito pelo partido, e que houve um reconhecimento das partes de que a permanência no partido seria "absolutamente incompatível". Desde o dia da filiação do presidente Jair Bolsonaro (PL), o vice-presidente da Câmara adiantou que sairia da legenda.

Marcelo Ramos, no entanto, ainda não informou para qual partido deve seguir. Ele explicou que irá ajuizar uma ação declaratória de justa causa "para não correr risco de que o suplente ou o Ministério Público peçam o mandato".

"Após essa decisão eu refletirei, levando em consideração o que eu acredito ser melhor para o país e o meu projeto eleitoral lá no Amazonas, para decidir a minha filiação partidária. Tenho tempo para isso, minha energia agora precisa ser canalizada para ajudar o povo brasileiro a sair dessa crise e não para ser gasta com projeto eleitoral", finalizou.

Política