PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
4 meses

Ex-ministro Weintraub chega ao Brasil acompanhado do irmão

Abraham Weintraub chegou acompanhado do irmão, Arthur Weintraub, e foi recebido por apoiadores - Reprodução/Twitter
Abraham Weintraub chegou acompanhado do irmão, Arthur Weintraub, e foi recebido por apoiadores Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

15/01/2022 20h07

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub chegou à 1h de hoje ao Brasil, como havia anunciado. Ele estava acompanhado do irmão, Arthur Weintraub, que é ex-assessor da Presidência da República.

Quando desembarcaram, os dois foram recebidos por alguns apoiadores no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, que traziam faixas de boas-vindas, bandeiras do Brasil e chamavam Abraham de "governador".

O ex-ministro é pré-candidato ao governo do estado de São Paulo. Ele ainda não é filiado a nenhum partido, mas este assunto deve ser tratado nesta vinda ao Brasil.

Em novembro, quando o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio oficializou o pedido de filiação ao PMN (Partido da Mobilização Nacional), ele convidou o ex-ministro para se juntar a ele.

Abraham Weintraub mora em Washington, capital dos Estados Unidos desde junho de 2020. Ele saiu do Brasil ainda como ministro da Educação, pouco após anunciar que deixaria o cargo, e não voltava ao país desde então.

Nos Estados Unidos, ele assumiu o cargo de diretor-executivo no Conselho do Banco Mundial em julho de 2020 e foi reeleito em outubro do mesmo ano, mesmo sob protestos de funcionários do Banco.

Antes de deixar o Brasil, ainda no governo de Jair Bolsonaro (PL), Weintraub protagonizou atritos com o STF (Supremo Tribunal Federal) e passou a ser investigado no âmbito do inquérito das fake news por disseminação de desinformação e ameaças aos ministros da Corte.

Política