PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
5 meses

Avante lança pré-candidatura de André Janones à Presidência da República

O advogado André Janones veio a se tornar o 3° deputado mais votado do estado de Minas Gerais, com expressivos 178.660 vindos dos 853 municípios de seu estado                              - JOSIAS RODRIGUES/Divulgação
O advogado André Janones veio a se tornar o 3° deputado mais votado do estado de Minas Gerais, com expressivos 178.660 vindos dos 853 municípios de seu estado Imagem: JOSIAS RODRIGUES/Divulgação

Colaboração para o UOL, em Brasília

29/01/2022 14h43

O Avante oficializou hoje a pré-candidatura do deputado federal André Janones (MG) à Presidência da República. A cerimônia foi realizada num hotel de Recife, com a presença de lideranças nacionais do partido.

"Nossa candidatura não é mais uma, porque ela representa os interesses do povo brasileiro. Com o atual presidente, o Brasil continuou refém das amarras ideológicas, só mudou de lado. O povo continuou sendo coadjuvante em todas as decisões", disse ele, em discurso.

O Avante aposta na candidatura de Janones para tentar ampliar a bancada da sigla no Congresso Nacional.

"Vamos encampar essa campanha de um programa de renda mínima para aqueles que mais precisam. E quando eu falo sobre isso, a primeira coisa que sempre me perguntam em qualquer entrevista ou debate é 'vai tirar dinheiro de onde?'. Ninguém nunca perguntou de onde vai tirar dinheiro para pagar o juro a banqueiro, para pagar amortização de dívida, para pagar privilégio de político", disse Janones em dicurso hoje.

Empate com Doria e Moro

Em 2022, Janones faz parte da chamada terceira via, que tenta quebrar a polarização eleitoral entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), que lideram as pesquisas.

Na pesquisa de intenção de votos do Ipec divulgada em dezembro, Janones apareceu com 2%, mesmo número do governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Além de ter tido o mesmo percentual de João Doria, André Janones apareceu empatado tecnicamente, dentro da margem de erro, com Sergio Moro (Podemos), que teve 6% e Ciro Gomes (PDT), que teve 5%.

12 pré-candidatos em 2022

Além de Janones, 11 pré-candidatos sinalizaram que devem concorrer à Presidência da República neste ano.

  • Rodrigo Pacheco (PSD);
  • Alessandro Vieira (Cidadania);
  • Felipe D'Ávila (Novo);
  • Leonardo Péricles (UP);
  • Sergio Moro (Podemos);
  • Aldo Rebelo (sem partido);
  • Jair Bolsonaro (PL);
  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT);
  • Simone Tebet (MDB);
  • João Doria (PSDB);
  • Ciro Gomes (PDT).
Desses partidos, sete já lançaram oficialmente pré-candidatos ao pleito: Cidadania, PSDB, Novo, MDB, Avante, UP e PDT.

Política