PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
3 meses

Deputados petistas vão à PGR contra Bolsonaro por fala racista

O presidente já havia usado a expressão racista em pelo menos duas outras ocasiões - Alan Santos/PR
O presidente já havia usado a expressão racista em pelo menos duas outras ocasiões Imagem: Alan Santos/PR

Do UOL, em São Paulo

13/05/2022 13h37

Os deputados federais Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Paulo Teixeira (PT-SP) protocolaram ontem uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por racismo. O motivo da denúncia foi o presidente ter perguntado a um apoiador negro se ele pesava "mais de sete arrobas".

Os deputados pedem que a PGR (Procuradoria-Geral da República) receba a notícia-crime e instaure inquérito para apurar os fatos.

A fala de Bolsonaro também aconteceu ontem, quando ele conversava com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada. Após ouvir que o homem foi levantado do chão, ironizou a situação, questionando se haviam conseguido levantá-lo e falando "Tu pesa o quê? Mais de sete arrobas, né?". Arroba é a unidade de peso usada para gado.

Na sequência, o próprio presidente lembrou que já foi processado anteriormente por uma fala similar. Em 2017, em uma palestra no Clube Hebraico do Rio de Janeiro, Bolsonaro usou o mesmo termo para se referir a comunidades quilombolas.

Em 2018 a primeira turma do STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou a acusação de racismo contra o então candidato à presidência por 3 votos a 2 e o caso foi arquivado.

Na ocasião, o ministro Luís Roberto Barroso, que foi um dos votos vencidos, argumentou que a utilização da palavra "arroba" rebaixa pessoas à condição de animais irracionais. Este posicionamento foi utilizado por Gleisi e Teixeira na queixa enviada à PGR.

"Apesar de terem sido vencidos, os argumentos suscitados pelos aludidos ministros não podem ser ignorados, ainda mais diante da reiteração praticada pelo Noticiado — que, por já ter sido processado em razão de fatos análogos, tinha ciência do potencial lesivo de sua fala", argumentam.

Em 2020, Bolsonaro voltou a se referir a um apoiador negro com a mesma palavra durante um evento por videoconferência.

"Bolsonaro, sou negão, votei em você e em 2022 vou votar de novo. Você é o melhor presidente do Brasil", disse o homem. "E você está com oito arrobas", respondeu o presidente, ao som de risadas.

Política