PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Filho de Lula rebate ironia de Eduardo Bolsonaro com assalto: 'Desprezível'

Luis Cláudio Lula da Silva, filho caçula do ex-presidente Lula, em imagem de 2015 - Reprodução/TV UOL
Luis Cláudio Lula da Silva, filho caçula do ex-presidente Lula, em imagem de 2015 Imagem: Reprodução/TV UOL

Do UOL, em São Paulo

19/05/2022 13h38Atualizada em 19/05/2022 13h44

Luís Cláudio Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), rebateu o deputado Eduardo Bolsonaro (PL) após o parlamentar ironizar um assalto sofrido por ele na noite da última terça-feira (17), em São Paulo, e chamou a família do presidente Jair Bolsonaro (PL) de "nojenta" por, segundo ele, comemorar a "desgraça dos outros".

"É expropriação que fala? Ou seria mais adequado 100 anos de perdão?", escreveu o deputado em sua conta no Twitter ao comentar a notícia do assalto, referindo-se ao ditado popular que diz que "ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão".

Em resposta, Luís Cláudio disse que Eduardo é um "ser desprezível" e que Bolsonaro é "egocêntrico, incapaz e limitado". Ele ainda relacionou o aumento da criminalidade no país aos altos índices de desemprego, problema que atribuiu ao governo federal.

"Dudu bananinha é um ser desprezível mesmo! Se estamos vivendo num Brasil violento e necessitando, onde crianças precisam assaltar para poder se alimentar, a culpa é do incompetente do seu pai! São mais de 16 milhões de desempregados desesperados para alimentar suas famílias", disse o filho do petista.

"E sim, eu não acredito que adolescentes cometam crimes porque gostam... Eles cometem crimes porque temos um governo federal omisso, que não liga para a população. Que não compra vacina, que não cria projetos sociais, que não cria emprego e que não faz a economia girar...", continuou ele.

Família nojenta que comemora a desgraça dos outros... Também é o que resta né, é uma família que não tem vitórias para comemorar... Um patriarca egocêntrico, incapaz e limitado não teria como criar uma família de forma decente Luís Cláudio, filho do presidente Lula, em resposta a Eduardo Bolsonaro

Luís Cláudio foi vítima de um assalto na rua Vergueiro, zona sul de São Paulo. Ele estava parado no semáforo quando quatro criminosos o abordaram com uma arma de brinquedo e exigiram seu celular e de uma mulher que estava com ele.

"Bateram com a arma no vidro, a gente abriu a porta e eles pegaram o celular. Eles foram embora para um lado e fomos para o outro", explicou ele em entrevista ao Balanço Geral, da Rede Record. "Foi tudo muito rápido, não deu para fazer nada".

As vítimas encontraram uma patrulha policial próxima do local do assalto e os agentes conseguiram apreender os quatro rapazes, que têm entre 15 e 17 anos.

Política