PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Flávio defende Bolsonaro em caso Milton Ribeiro: 'Cheirando a sacanagem'

Para Flávio, se havia suspeita de envolvimento de Bolsonaro, a investigação teria que ser enviada para o STF, uma vez que o presidente tem foro privilegiado - Adriano Machado/Reuters
Para Flávio, se havia suspeita de envolvimento de Bolsonaro, a investigação teria que ser enviada para o STF, uma vez que o presidente tem foro privilegiado Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

24/06/2022 17h37

O senador, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), defendeu o pai, presidente Jair Bolsonaro (PL), da suspeita do MPF (Ministério Público Federal) de que o presidente teria interferido nas investigações da operação 'Acesso Pago', que levou à prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro.

"Então havia gravação do ex-Ministro falando que 'ele' achava que poderia ter busca e apreensão? Se 'ele' era Bolsonaro, pq o juiz e o procurador do MPF não remeteram os autos ao STF ao invés de prender o ex-Ministro?", questionou Flávio. "Tá cheirando a 'sacanagem', além de crime, claro!", completou o senador.

Para Flávio, se havia suspeita de envolvimento de Bolsonaro, a investigação teria que ser enviada para o Supremo Tribunal Federal, uma vez que o presidente tem foro privilegiado. Porém, a suspeita veio a público justamente por meio da obtenção de uma manifestação que pede o envio de parte das investigações ao STF.

O documento assinado pelo procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes diz que um áudio de Milton Ribeiro que aponta indício de vazamento da operação policial e possível interferência ilícita por parte do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro.

O procurador não especificou a que áudio se refere, mas em uma das interceptações telefônicas citadas pelo juiz federal Renato Coelho Borelli, que determinou a prisão do ex-ministro, Ribeiro diz, sem citar nomes, que recebeu informações de que poderia ser alvo da Polícia Federal.

MILTON: Não! Não é isso... ele acha que vão fazer uma busca e apreensão... em casa... sabe... é... é muito triste.
Transcrição de telefonema feito pelo ex-ministro Milton Ribeiro

O UOL procurou o Palácio do Planalto. Os esclarecimentos serão publicados quando forem recebidos.

A reportagem também procurou a defesa de Milton Ribeiro sobre os áudios e as avaliações do MPF sobre as conversas do ex-ministro. Assim que houver manifestação, ela será incluída nesta reportagem.

Política