Conteúdo publicado há 9 meses

Celso Russomanno é ameaçado durante gravação no centro de SP; veja

O deputado federal e apresentador Celso Russomanno (Republicanos-SP) foi ameaçado e xingado por um homem durante a gravação do quadro "Patrulha do Consumidor", da Record TV.

O que aconteceu

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra Russomanno mandando um homem "ficar quieto" durante a gravação. Após a fala do deputado, o autor dos xingamentos grita e é contido por outras pessoas no local.

"Você tá gritando comigo? Grita de novo", diz o homem. O apresentador empurra o rapaz, que começa a xingá-lo. O episódio ocorreu na tarde de segunda-feira (21), no bairro da Santa Ifigênia, conhecido como centro comercial de eletrônicos da cidade de São Paulo.

Russomano explicou ao UOL que estava gravando o quadro com uma mulher que se sentiu lesada após levar um PlayStation para o conserto em uma loja do bairro e esperar 82 dias para receber o videogame. O direito do consumidor dita o prazo máximo de 30 dias para ser feito o conserto do produto.

O deputado explicou que a mulher tinha provas de que, durante o período em que estava na assistência, o aparelho foi usado. "Ela recebia e-mails de que estavam baixando jogos e instalando aplicativos", contou. Por isso, seguindo o direito do consumidor, ela desistiu do aparelho e queria o dinheiro de volta, acrescentou Russomanno.

O dono da loja, segundo o deputado, não emitiu nota fiscal da assistência oferecida e se negou a pagar pelo videogame. "Eu fui fazer a matéria com ela, e quando entrei lá, começou a gritaria e confusão. Ele veio para cima de mim e encostou a cara na minha", lamentou.

O UOL tenta localizar o homem envolvido no episódio. Se houver resposta, o texto será atualizado. O espaço permanece aberto para manifestação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes