Conteúdo publicado há 6 meses

Ao UOL, Sâmia relatou ameaças que recebeu a familiares

A deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP) contou à Universa em julho que recebe mensagens de ameaça contra sua família.

Recebo email uma vez por mês, a cada 15 dias, com ofensas horrorosas falando que vai me matar, matar minha família. Das coisas mais terríveis e sempre com requintes de crueldade.

Ferramenta para investigar [ameaças] eu acho que existe, mas depende do papel das redes sociais e da vontade política, que nunca teve.
Deputada Sâmia no programa Desculpa Alguma Coisa

A entrevista foi transmitida no programa Desculpa Alguma Coisa, de Universa, no dia 5 de julho deste ano.

O que aconteceu:

O irmão de Sâmia, Diego Ralf de Souza Bomfim, foi morto a tiros na madrugada de hoje em um quiosque na Barra da Tijuca, no Rio.

Também morreram os médicos Marcos de Andrade Corsato e Perseu Ribeiro Almeida. O ortopedista Daniel Sonnewend Proença foi socorrido com vida e está internado.

Imagens mostram quando bandidos descem de um carro branco na Avenida Lúcio Costa, se aproximam das vítimas e atiram. Nenhum pertence é roubado e outros clientes do quiosque não são ameaçados.

Em nota, Sâmia afirmou que está devastada e que "tudo indica que se trata de uma execução".

Continua após a publicidade

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga se foi um crime planejado. A SSP (Secretaria da Segurança Pública) de São Paulo também enviou investigadores da Delegacia de Homicídio para acompanhar o caso e auxiliar na apuração.

O governador do Rio, Cláudio Castro, afirmou que o crime "não ficará impune". A PF também apoia as investigações para identificar os criminosos.

Siga UOL Notícias no

Deixe seu comentário

Só para assinantes