Conteúdo publicado há 7 meses

'Revolução que precisamos fazer é cumprir a Constituição', diz Lula

O presidente Lula (PT) publicou uma mensagem de aniversário da promulgação da Constituição de 1988, que completa hoje 35 anos.

O que disse Lula

"A revolução que precisamos fazer é cumprir a Constituição Brasileira", escreveu o presidente nas redes sociais.

Lula relembrou período em que atuou como deputado constituinte. Então com 42 anos, Lula foi um dos 16 deputados do PT a assinar o texto constitucional, que ficou conhecido pelo nome de Constituição Cidadã.

Fui Constituinte e participei da sua elaboração com o desejo de uma sociedade livre, justa e solidária, que pudesse garantir a erradicação da pobreza e o desenvolvimento nacional e regional.

"Cabe aos governantes trabalharmos para proteger e garantir a Constituição a qual juramos fidelidade", completou, após citar os direitos do povo de "comer, estudar, morar, trabalhar e ter acesso a cultura, educação e saúde".

Publicação de Lula ocorre no período de recuperação após cirurgia no quadril e nas pálpebras. Lula deve despachar do Palácio do Alvorada pelas próximas duas semanas, onde está sem receber visitas.

Vice-presidente Geraldo Alckmin também fez homenagens à Constituição. "Ela não é ambiciosa, Ela é correta. Ela não é excessiva, ela é justa. Ela não promete demais, nós é que fizemos de menos até agora. E estamos ainda muito em débito com o futuro que ela previu", disse o vice-presidente durante solenidade no Supremo Tribunal Federal pela data comemorativa.

Ministros do Supremo destacaram a democracia frente ao autoritarismo. "Parabéns a todos os brasileiros e brasileiras pelo maior período republicano de estabilidade Democrática e de respeito ao Estado de Direito", escreveu Alexandre de Moraes. Os ministros Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso também se posicionaram em relação à data.

Continua após a publicidade

Deixe seu comentário

Só para assinantes