Conteúdo publicado há 3 meses

Maierovitch: STF cobra algo que não compete à imprensa: 'Inconstitucional'

A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de que a imprensa pode ser punida por fala de entrevistado não diz respeito a algo que compete à própria imprensa, afirma o jurista e colunista do UOL Wálter Maierovitch, durante o UOL News desta quarta-feira (29).

Que fase ruim do Supremo Tribunal Federal. Se estabeleceu uma realidade, por essa decisão, algo que não compete à imprensa, ou seja, que viola uma garantia. Se estabelece um dever de vigilância. Wálter Maierovitch, colunista do UOL

O jurista e professor diz ainda que a decisão do STF é inconstitucional.

Vamos imaginar uma entrevista. Então tem que se falar: 'vamos parar a entrevista para a gente ver se tem indícios de veracidade, ou se isso é falso, vamos tomar um cuidado'. Acho que esse dever de vigilância que o STF acabou decidindo e formou uma 'orientação' é, nada mais nada menos, inconstitucional. Wálter Maierovitch, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa:

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes