Conteúdo publicado há 2 meses

Sakamoto: Caso de governador do AC é outro prego no discurso bolsonarista

A denúncia do governador do Acre, Gladson Cameli (PP), por 5 crimes - dentre eles organização criminosa e corrupção - feita pela PGR (Procuradoria-Geral da República) que pede seu afastamento, é outro prego no discurso bolsonarista. A afirmação é do colunista do UOL Leonardo Sakamoto, durante o UOL News da manhã desta quinta-feira (30).

É interessante que o Gladson, o governador, é bolsonarista. Ele era um bolsonarista roxo. Depois, fez acenos ao governo Lula, até porque governadores precisam ter uma boa interlocução com o governo federal. Entregou uma cesta de produtos acreanos para o Lula. Mas o Gladson continua sendo bolsonarista. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

Seria interessante ver o ex-presidente Jair Bolsonaro e ver o bolsonarismo no Congresso Nacional, que bate no peito dizendo que não há nenhum caso de corrupção envolvendo bolsonaristas, explicasse qual que é a situação. [...] O caso do Cameli é mais um prego no caixão do discurso do bolsonarismo de que eles pairam acima da corrupção. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

Sakamoto diz ainda que o afastamento seria importante para evitar, dentre muitas coisas, que provas sejam destruídas e que o governador possa se defender "de uma forma mais correta".

O afastamento é importante para evitar que provas sejam destruídas, funcionários públicos sejam pressionados, testemunhas assediadas, ou seja, para garantir um curso de investigação mais limpo possível. Uma vez que está se discutindo a gestão do governador sobre a máquina pública e ele está montado sobre a máquina pública. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

A melhor coisa seria, exatamente diante dessas evidências, a Justiça determinar o afastamento temporário do governador para que ele pudesse se defender, inclusive, se defender de uma forma mais correta. Provando que não tem nada a temer e que não vai fazer pressão e garantindo que se tudo se resolva. Se ele provar que as evidências não corroboram a culpa dele, ele volta. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Continua após a publicidade