Conteúdo publicado há 2 meses

Vereador usa frase racista ao criticar obra em cidade do Rio Grande do Sul

O vereador Antônio Valesan (PTB) usou uma frase de cunho racista ao criticar uma obra do município de Roca Sales (RS).

O que aconteceu

Pegari, como o parlamentar é conhecido na cidade, deu a declaração durante sessão na Câmara dos Vereadores, realizada na segunda-feira (4). "Se isso continuar e não tiver um trabalho de gente branca, de gente que sabe fazer esse trabalho com técnicas, de pessoas que sabem fazer, nós vamos embargar aquilo lá", disse.

O vereador se referia à execução de uma obra no município por uma empresa terceirizada. Ele citou problemas com recolhimento de entulhos e retirada de pedras em uma região da cidade.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul informou que um inquérito foi instaurado para investigar o caso. A delegada Betina Martins, à frente do caso, disse ao UOL que será apurado se houve crime de racismo por parte do vereador.

Antônio Valesan já foi prefeito de Roca Sales. Mas em 2011, ele teve os direitos políticos suspensos por cinco anos e perdeu o cargo no Executivo. Segundo o Ministério Público, Pegari desviou as doações de pares de sapatos feitos por uma empresa em troca de votos.

Após a repercussão negativa de sua declaração na Câmara, o parlamentar pediu desculpas. "Palavras ditas não podem ser apagadas, mas quando equivocadas, precisam ser retratadas publicamente e urgentemente, com humildade em reconhecimento ao erro", disse o vereador em nota enviada à imprensa.

Em respeito à comunidade de Roca Sales e a reputação da minha vida, peço perdão em virtude do discurso insensato dito na tribuna da Câmara de Vereadores. Não há nenhuma justificativa que isente esse absurdo. Que todo ato de preconceito se transforme em letramento para que erros dessa natureza jamais se repitam. Esse é o meu desejo e também passa a ser a minha luta na Casa do Povo.
Antônio Valesan

Câmara de Roca Sales repudia fala do vereador

A Câmara de Vereadores de Roca Sales repudiou a manifestação de Antônio Valesan "independentemente da intenção, da espécie ou da natureza".

Continua após a publicidade

O órgão esclareceu ainda que a responsabilidade de cada pronunciamento é do interlocutor e que, enquanto Poder Legislativo Municipal, rechaça todo e qualquer discurso ou ação discriminatória.

Entendemos que manifestações de cunho preconceituoso devem ser combatidas em todas as esferas, para que tais ações possam ser erradicadas da sociedade mediante ações que visem à prática de políticas públicas sérias e permanentes, que possibilitem um amplo debate junto à comunidade e que possam ser transformadas em medidas que mudem o comportamento humano.
Câmara dos Vereadores de Roca Sales

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes