Conteúdo publicado há 1 mês

Lira x Padilha: Desencontro de palavras tem que ser superado, diz ministro

O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom) Paulo Pimenta classificou o embate entre o presidente da Câmara Arthur Lira e o ministro das Relações Institucionais Alexandre Padilha como "desencontro de palavras" e que precisa ser superado. Pimenta foi entrevistado no UOL News da manhã desta sexta (12).

A relação entre o governo e o Congresso é muito boa. Basta ver que todos os temas principais do governo foram aprovados durante o ano de 2023. Um eventual momento de desencontro de palavras entre o presidente da Câmara e o ministro Padilha evidentemente tem que ser superado e encontrar um ponto de equilíbrio.

Em absoluto, isso não vai interferir na agenda, no cronograma e nas relações que precisamos manter com o Congresso. Paulo Pimenta, ministro da Secom

Questionado sobre uma possível saída de Padilha do cargo, Pimenta considera não haver um ambiente que sugira uma eventual mudança.

Só quem pode dar essa resposta é o presidente Lula. Eu, particularmente, vejo Padilha como uma pessoa por quem o presidente tem muito apreço e confiança. Nessa semana, Lula fez questão de fazer uma manifestação pública importante, de respaldo ao trabalho do ministro.

A minha percepção é de que não existe um cenário e uma disposição de Lula para fazer essa alteração. Paulo Pimenta, ministro da Secom

Governo não deve interferir na sucessão da Câmara, diz Pimenta

Sobre a relação entre Lula e Arthur Lira, Pimenta disse que sempre houve um canal aberto entre eles. O ministro da Secom ainda ressaltou que o governo não interferirá no processo de sucessão à presidência da Câmara e nem tem um nome preferido para ocupar esta cadeira.

O governo não pode e não deve interferir em processo de disputa na sucessão da Câmara ou do Senado. Quando isso foi feito, o resultado foi desastroso. O presidente da República precisa ter uma boa relação com o presidente da Câmara e do Senado, seja ele quem for. Lula já manifestou a Lira que reconhece a responsabilidade dele em conduzir sua própria sucessão. Paulo Pimenta, ministro da Secom

Continua após a publicidade

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes