PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
9 meses

Coronavírus: São Paulo começa testagem ampliada pelas forças de segurança

Medida será feita com exames rápidos em integrantes das forças de segurança - Getty Images
Medida será feita com exames rápidos em integrantes das forças de segurança Imagem: Getty Images

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

15/05/2020 13h21

São Paulo começou hoje na capital a testagem ampliada. A medida será feita com exames rápidos em integrantes das forças de segurança: Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Científica e Corpo de Bombeiros. Os familiares também realizarão o procedimento.

A partir de segunda-feira, serão feitas coletas nas demais regiões do estado em um trabalho que deve durar 20 dias. O cronograma prevê que a próxima categoria a ser testada em massa será a de profissionais de saúde que trabalham no sistema público estadual e municipal. Na sequência, idoso passarão pelo programa de testagem.

O estado comprou 2 milhões de exames rápidos ao custo de R$ 114 milhões. A intenção é em três meses chegar a um nível de testagem de testes similar a Itália e Espanha. As informações recolhidas permitirão definir estratégias de enfretamento a pandemia.

Coronavírus