PUBLICIDADE
Topo

Manaus inaugura 1º hospital para indígenas com coronavírus no país; veja

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o governador do Amazonas, Wilson Lima - Reprodução/Twitter
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o governador do Amazonas, Wilson Lima Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 17h44Atualizada em 26/05/2020 20h29

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), inaugurou hoje, em Manaus, o primeiro hospital de combate ao coronavírus exclusivo para os povos indígenas.

Em vídeo gravado ao lado do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, Lima conta que as instalações, construídas no Hospital de Combate à Covid-19 graças à parceria entre os governos estadual e federal, "respeitam todas as tradições culturais desses povos", com redes no lugar de camas e sala específica para o atendimento de um pajé.

"Estamos tendo todo o cuidado de montar de acordo com as tradições indígenas, colocamos redes, tem uma sala que é do pajé para poder fazer seus atendimentos, respeitando todas as tradições culturais desses povos", afirmou o governador.

O hospital, que começa a funcionar amanhã, terá 53 leitos — 20 de UTI e 33 clínicos. Segundo o governo do Amazonas, o estado recebeu 20 respiradores enviados pelo governo federal ao Hospital de Combate.

"O Amazonas tem a maior população indígena do país e a montagem desse hospital aqui vai ajudar muito a atender essas populações tradicionais que agora estão sofrendo com o covid-19", disse Wilson Lima.

"Acredito que isso vai ser realmente um marco na nossa virada do combate à covid-19. (Temos) espaço reservado, capacidade de atendimento, e é importante nessa etapa em que a capital já cumpriu sua grande missão e agora temos que apoiar o interior. Vamos ter capacidade de receber o pessoal do interior, que em sua maioria é indígena, no local preparado para eles, na sua cultura, na sua essência de povo indígena", afirmou Pazuelo.

Coronavírus