PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
9 meses

Puxado por São Paulo, Brasil já vacinou 4,9 milhões contra a covid-19

Prefeitura de São Paulo inicia vacinação contra a covid-19 em pessoas de mais de 60 anos em situação de rua - ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Prefeitura de São Paulo inicia vacinação contra a covid-19 em pessoas de mais de 60 anos em situação de rua Imagem: ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/02/2021 20h06Atualizada em 12/02/2021 21h11

Nesta sexta-feira (12), o Brasil ultrapassou a marca dos 4,9 milhões de vacinados contra a covid-19. No total, 4.909.251 brasileiros já receberam doses. O levantamento foi feito pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, baseado nos dados informados pelas secretarias estaduais de saúde.

De ontem para hoje, 324.913 pessoas receberam a primeira dose da vacina, o que corresponde a 2,32% da população do país. São Paulo é o estado com maior número de vacinados, com 159.221.

Já a segunda dose foi aplicada em 46.917 pessoas nas últimas 24 horas, com um total de 155.652 imunizados — o que equivale a 0,07% da população brasileira com vacinação completa contra o novo coronavírus. Das 27 unidades federativas, 15 ainda não iniciaram a segunda aplicação.

Brasil pode ficar duas semanas sem vacinação, alerta ex-coordenadora do PNI

O Brasil pode enfrentar duas semanas de paralisação das imunizações contra a covid-19 por falta de vacina no país. A possibilidade foi levantada pela epidemiologista Carla Domingues, ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI), durante uma entrevista à CNN.

A declaração contrasta com promessas feitas pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que havia falado sobre a meta do governo em vacinar toda a população brasileira até o final de 2021.

"Pode ser que alguns municípios ainda tenham estoque, mas com certeza, na maioria das capitais, onde há uma grande concentração da população, e já houve um grande número de pessoas vacinadas, possivelmente poderemos ter uma paralisação [da vacinação] de uma e até duas semanas", disse a epidemiologista à emissora CNN.

Domingues também esclareceu que o Brasil tem capacidade de vacinar mais de um milhão de pessoas por dia. No entanto, a distribuição de 10 milhões de doses do imunizante contra o novo coronavírus garante a vacinação de aproximadamente 5 milhões de brasileiros.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Coronavírus