Quadro que representa Trump nu é exposto em Londres após censura nos EUA

  • Niklas Hallen'n/AFP

Um quadro que representa Donald Trump totalmente nu está exposto desde sexta-feira (8) em uma galeria de arte de Londres, depois de ter sido censurado nos Estados Unidos, onde a autora diz ter recebido ameaças de morte de simpatizantes do pré-candidato republicano.

A artista Illma Gore, que mora em Los Angeles, batizou a obra de "Make America Great Again" (Tornar a América Grande Outra Vez), como afirma o slogan de campanha do político bilionário.

O quadro, exposto na Maddox Gallery, mostra o pré-candidato à Casa Branca totalmente nu, de acordo com a imaginação da artista. Mas o resultado não é elogioso para a anatomia de Trump.

A obra, muito polêmica, teve a exibição proibida nos Estados Unidos, onde Illma Gore afirma ter recebido ameaças de morte.

Illma Gore encontrou refúgio na galeria londrina, onde a obra está à venda por um milhão de libras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos