Hollande e Merkel: Assad é o único responsável por ataque americano na Síria

Em Paris

O presidente sírio Bashar al-Assad tem "a plena responsabilidade" do ataque dos Estados Unidos contra uma base aérea do governo da Síria, afirmaram nesta sexta-feira (7) o presidente da França e a chanceler da Alemanha.

"Uma base militar do regime sírio utilizada para realizar bombardeios químicos foi destruída esta noite por bombardeios americanos (...) Assad tem a plena responsabilidade", afirmaram François Hollande e Angela Merkel em um comunicado conjunto, no qual indicam que Washington informou Paris e Berlim antes da ação.

O bombardeio, em retaliação ao ataque com armas químicas que matou 86 pessoas nesta semana, deixou seis mortos e provocou muitos danos à base aérea, segundo informou o exército sírio nesta sexta-feira (7), sem informar se as vítimas são civis ou militares.
 
Em pronunciamento, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que foi um "ataque vital de segurança nacional", já que classificou como inaceitável a atitude do governo sírio em ferir com gás neurotóxico "homens, mulheres e crianças indefesos".
 
"Todos os países civilizados deveriam contribuir para o fim do conflito sírio" e "acabar com o massacre e derramamento de sangue na Síria".
Ford Williams/Marinha dos EUA/AP
Imagem fornecida pela Marinha norte-americana mostra lançamento de míssil a partir destroyer americano em ataque a base aérea síria

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos