PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Irã pede apoio da Interpol para deter suspeito da 'sabotagem' de Natanz

Irã pediu à Interpol sua ajuda para prender suspeito de cometer sabotagem contra sua planta nuclear de Natanz - Raheb Homavandi/REUTERS/Arquivo (30.mar.2005)
Irã pediu à Interpol sua ajuda para prender suspeito de cometer sabotagem contra sua planta nuclear de Natanz Imagem: Raheb Homavandi/REUTERS/Arquivo (30.mar.2005)

Em Teerã

18/04/2021 10h06

O Irã solicitou à Interpol sua ajuda para prender um suspeito de cometer uma sabotagem contra sua planta nuclear de Natanz, ato pelo qual responsabiliza Israel — informou a imprensa local hoje.

A televisão pública mostrou uma foto e identificou o indivíduo como Reza Karimi, de 43 anos, afirmando que o Ministério de Inteligência havia determinado seu papel na "sabotagem", semana passada, em Natanz.

A emissora acrescentou que o suspeito "fugiu do país antes do incidente" e que, agora, "estão em curso os procedimentos legais para detê-lo e fazê-lo retornar ao país".

Nem a televisão estatal, nem outros meios de comunicação deram mais detalhes sobre o suspeito. O Ministério de Inteligência tampouco publicou um comunicado oficial.

Em sua edição de domingo, o jornal ultraconservador Kayhan disse, por sua vez, que as "autoridades judiciais e de Inteligência" estão tratando deste assunto.

Sabe-se pouco sobre este incidente, ocorrido há uma semana. Em princípio, uma explosão teria danificado a fiação elétrica das centrífugas de enriquecimento de urânio desta unidade nuclear.

Internacional