PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Explosão em ônibus em Uganda deixa um morto e vários feridos

25/10/2021 17h46

Campala, 25 Out 2021 (AFP) - Uma pessoa morreu e várias outras ficaram feridas em uma explosão nesta segunda-feira (25) à noite em um ônibus perto de Kampala, afirmou a polícia dois dias depois de um atentado reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) na capital de Uganda.

"Foi enviada uma equipe de especialistas em explosivos para Lungala, na estrada Kampala-Masaka, após a explosão fatal em um ônibus (...) por volta das 17h00" (11h00 no horário de Brasília), declarou o porta-voz policial Fred Enanga.

"O acesso ao local foi fechado à espera de uma avaliação detalhada e da investigação de especialistas em explosivos", disse.

Inicialmente Enanga tinha informado dois mortos, assim como um dos diretores da empresa de ônibus, mas a polícia esclareceu depois que havia um morto.

"Correção: os especialistas em explosivos confirmaram um morto", destacou a polícia em sua conta no Twitter.

A polícia não deu detalhes sobre a origem da explosão, mas o presidente de Uganda, Yoweri Museveni, que também mencionou uma morte no Twitter, sugeriu que se tratou de uma bomba.

A polícia tenta determinar se a pessoa morta "era a que levava a bomba", acrescentou o presidente.

"Os outros 37 passageiros estão a salvo, assim como o motorista", detalhou na rede social.

A cidade de Lungala está a cerca de 35 km ao oeste de Kampala.

No sábado à noite, um atentado com bomba deixou um morto e vários feridos em um restaurante de Kampala. A polícia o classificou como ato de "terrorismo interno", mas foi reivindicado nesta segunda-feira pelo grupo Estado Islâmico na África Central (ISCAP).

Em 8 de outubro, o ISCAP reivindicou a autoria de um atentado com bomba contra uma delegacia em Kawempe, perto de onde ocorreu a explosão de sábado.

Internacional