PUBLICIDADE
Topo

Operação no Complexo do Chapadão deixa mortos e feridos

Apreensões em operação feita pela PM no Complexo do Chapadão, no Rio de Janeiro - Divulgação/Polícia Militar
Apreensões em operação feita pela PM no Complexo do Chapadão, no Rio de Janeiro Imagem: Divulgação/Polícia Militar

10/01/2020 14h25

Operação policial no Complexo do Chapadão deixou mortos e feridos na manhã de hoje (10), na zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com os últimos dados do 41º Batalhão de Polícia Militar (BPM), quatro pessoas morreram baleadas. Outras quatro foram presas em flagrante e três por mandado de prisão.

A Operação Dois Irmãos foi realizada em conjunto pelo 41ºBPM, de Irajá, e pela 31ª Delegacia de Polícia Civil, de Ricardo de Albuquerque, para cumprimento de 16 mandados de prisão. De acordo com a PM, os alvos dos mandados atuam no roubo de carga e roubo de veículos e têm envolvimento com o tráfico de drogas.

A operação contou com a atuação de 150 policiais, e começou às 5h desta sexta-feira.

De acordo com os policiais, ao chegarem ao Complexo do Chapadão, equipes da polícia civil e da polícia militar tentaram abordar um veículo Honda/WR-V de cor vermelha, mas o carro avançou contra eles. Os ocupantes começaram a efetuar disparos de arma de fogo, iniciando um confronto.

No interior do veículo, havia cinco pessoas, quatro delas foram feridas e encaminhados ao Hospital Carlos Chagas, três não resistiram aos ferimentos. Dentro do veículo foram encontradas três pistolas glock, duas granadas intactas, um tablete de drogas, carregadores e munições. A operação ainda apreendeu mais uma pistola glock e uma tanfoglio.

Ontem (9), no Complexo do Chapadão, duas pessoas foram presas e foram apreendidas duas pistolas 9mm, uma com kit rajada, e 20 munições para fuzil 5.56.

Segurança pública