PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Câmara de SP vota antecipação de feriados que pode gerar emenda de seis dias

Movimento em uma lotérica da rua do Arouche, no centro de São Paulo; isolamento social perde força na capital  - Alex Tajra/ UOL
Movimento em uma lotérica da rua do Arouche, no centro de São Paulo; isolamento social perde força na capital Imagem: Alex Tajra/ UOL

Pedro Caramuru e Elizabeth Lopes

18/05/2020 15h11

A Câmara Municipal de São Paulo tem sessão marcada hoje para votar a antecipação dos feriados de Corpus Christi, originalmente em 11 de junho, e Consciência Negra, em 20 de novembro, para os dias 20 e 21 desta semana - quarta e quinta-feira, respectivamente. A mudança foi proposta pelo prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB) a fim de ampliar os níveis de isolamento social na capital e conter a propagação do novo coronavírus.

Na mesma linha, hoje, o governador do Estado, João Doria (PSDB), também anunciou o encaminhamento de um projeto de lei à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) para antecipar o feriado da Revolução Constitucionalista, celebrado em 9 de julho, para a próxima segunda-feira, 25.

Caso os projetos sejam aprovados, Doria e Covas estudam decretar ponto facultativo para o funcionalismo público na sexta-feira, 22, unindo a antecipação dos feriados e criando uma folga de seis dias na capital entre quarta-feira, 20, e a próxima segunda, 25.

Segundo Doria, "ficou muito claro que ao longo dos finais de semana e feriados nos últimos 56 dias, nós temos índices mais elevados de isolamento e isso contribui para o controle da pandemia".

Interior

Doria também afirmou hoje, durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes que irá recomendar "aos prefeitos da Região Metropolitana, do interior e do litoral, que possam igualmente avaliar com as suas câmaras municipais a antecipação de feriados municipais para os dias que sucedem aos feriados aqui de São Paulo".

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi, afirmou que irá solicitar aos prefeitos do interior do Estado que adiantem feriados locais para os próximos dias 26 e 27 de maio. "A orientação para uma ação conjunta com as prefeituras é fundamental", afirmou Vinholi.

Coronavírus