Topo

Salvini visita muro 'antimigrantes' na Hungria

02/05/2019 19h17

BUDAPESTE, 02 MAI (ANSA) - O ministro do Interior e vice-premier da Itália, Matteo Salvini, visitou nesta quinta-feira (2) o muro construído pela Hungria na fronteira com a Sérvia para bloquear a entrada de refugiados.   

A barreira fica em Roszke e foi levantada em 2015, por ordem do primeiro-ministro de extrema direita Viktor Orbán, para frear o fluxo de sírios proveniente da Turquia, na chamada "rota dos Bálcãs".   

"Queremos uma Europa diferente, que defenda a segurança, relance o trabalho, a família e a identidade cristã de nosso continente", disse Salvini. A visita ocorreu no âmbito da campanha para as eleições europeias de 23 a 26 de maio, quando o ministro pretende liderar a ascensão das forças "soberanistas" no bloco.   

O objetivo de Salvini é que a ultradireita conquiste a segunda maior bancada no Parlamento Europeu, desbancando os socialistas, para formar uma aliança com o Partido Popular Europeu (PPE), de centro-direita.   

"Faço parte de um bloco forte como nunca, não de direita, mas alternativo aos burocratas, e espero que ele possa dialogar com os conservadores para deixar a esquerda de fora", afirmou o vice-premier italiano.   

"O PPE deve permanecer aberto à colaboração com as direitas, como a de Salvini. Estou certo de que a UE precisa de uma aliança com os partidos antimigração", reforçou Orbán, que é membro do PPE, mas tem uma posição minoritária dentro do partido. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional