PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
3 meses

Grávida 'símbolo' de ataque a hospital em Mariupol dá à luz

Influencer de moda Marianna Podgurskaya - Reprodução/Instagram
Influencer de moda Marianna Podgurskaya Imagem: Reprodução/Instagram

11/03/2022 15h25

A influencer de moda Marianna Podgurskaya, grávida fotografada fugindo de um hospital infantil bombardeado em um ataque russo no dia 9 de março em Mariupol, deu à luz uma menina, batizada de Veronica.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (11) pela jornalista ucraniana Olga Tokariuk, que está em contato com um representante da família.

"Elas estão bem, mas em Mariupol está muito frio e os bombardeios não param", escreveu ela, no Twitter, sem fornecer detalhes sobre o local de nascimento.

Nesta quinta-feira (10), Marianna, de 26 anos, foi fotografada ferida descendo as escadas da maternidade alvo de um ataque russo em meio à guerra na Ucrânia, o qual deixou ao menos 17 feridos e três mortos, segundo as autoridades locais.

A imagem viralizou no mundo inteiro e provocou diversas críticas. Logo depois, no entanto, a embaixada da Rússia no Reino Unido informou que a mulher grávida ferida é uma atriz que está sendo usada durante a crise no leste europeu.

Segundo os russos, Marianna teria sido contratada como atriz para fazer o papel da ucraniana grávida sob as bombas em um ensaio feito pelo fotógrafo Evgeniy Maloletka, definido por Moscou como um "propagandista pró-Kiev".

Horas depois da acusação, o Twitter removeu os post da sede diplomática, pois, segundo a plataforma, houve uma violação da política de conduta odiosa e comportamento abusivo. As informações foram divulgada pelo portal The Daily Beast.