PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
1 mês

Pela 1º vez, Moscou admite que teve navio afundado por Kiev

Anton Novoderezhkin/Sputnik/Reuters
Imagem: Anton Novoderezhkin/Sputnik/Reuters

03/07/2022 10h49Atualizada em 03/07/2022 11h53

Pela primeira vez, a Rússia admitiu que um de seus navios de guerra foi afundado por um ataque da Ucrânia ao falar neste domingo (3) sobre a remoção dos restos da embarcação para evitar uma explosão.

Segundo uma mensagem postada no Telegram por um funcionário nomeado por Moscou para a Ucrânia Meridional, Vladimir Rogov, e obtida pela "BBC", a Rússia afirma que conseguiu recuperar "um grande navio para desembarque que foi afundado" no porto de Berdyansk. A remoção foi necessária "para prevenir a detonação das munições a bordo".

Ainda conforme Rogov, o navio foi atingido por mísseis balísticos Tochka-U e seus restos agora serão transportados para a Crimeia.

A embarcação citada é a Saratov, que foi alvo de um ataque ucraniano no porto local em 24 de março deste ano. À época, Kiev informou que sete mísseis tinham sido disparados contra o local causando danos à infraestrutura portuária e afundando um navio.

Porém, Moscou sempre negou que os ucranianos tivessem atacado qualquer embarcação russa.