Mensagens revelam fogo dentro de avião da EgyptAir antes de cair

  • Forças Armadas do Egito/AP

     Imagem divulgada pelas Forças Armadas do Egito mostra destroços de uma cadeira que pertencia ao Airbus A320

    Imagem divulgada pelas Forças Armadas do Egito mostra destroços de uma cadeira que pertencia ao Airbus A320

Várias mensagens enviadas do avião da EgyptAir que caiu no Mar Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo mostram que havia fogo e fumaça dentro da aeronave antes do acidente. A aeronave seguia de Paris, na França, para o Cairo, no Egito.

O sistema de comunicação ACARS, que envia mensagens automáticas ao centro de manutenção e ao fabricante informando sobre o estado do aparelho, "indicava fogo a bordo", revelou o site "The Aviation Herald".

As mensagens mostram que havia "fumaça no banheiro" e também "nos sistemas eletrônicos" do avião antes do acidente da última quinta-feira (19), segundo divulgou o site. Autoridades francesas confirmaram as informações.

O avião da Egyptair caiu no mar efetuando duas voltas bruscas após desaparecer dos radares e perder altitude a uma grande velocidade, sem que até o momento se conheçam as causas da tragédia, por isso não se descarta a possibilidade de um atentado, nem de falha técnica.

O sistema ACARS revelou que às 2h26 locais (21h26 de Brasília da quarta-feira) foi detectada fumaça no banheiro do Airbus A320 e, um minuto depois, o mesmo sistema enviou uma nova mensagem alertando que também havia fumaça proveniente dos sistemas eletrônicos.

A última comunicação enviada do avião foi às 21h29 de Brasília da quarta-feira e o contato foi perdido quatro minutos depois, segundo o "The Aviation Herald".

As Forças Armadas do Egito encontraram ontem algumas peças do avião e restos humanos em uma área no mar situada cerca de 290 quilômetros ao norte da cidade egípcia de Alexandria.

Destroços são encontrados no Mediterrâneo

As operações de busca e resgate continuam e nelas também colaboram equipes de França, Reino Unido, Itália e Grécia, cujo ministro da Defesa, Panos Kamenos, confirmou que os restos de pelo menos "um corpo humano, dois assentos e uma ou várias peças de bagagem" foram encontrados.

Kamenos explicou que os objetos estavam em uma área situada ligeiramente ao sul de onde o A320 desapareceu e que o avião não tinha desviado de sua trajetória de voo prevista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos