Trump fala com presidente do Taiwan após quase 40 anos sem relações com EUA

Washington, 2 dez (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou nesta sexta-feira com a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, a primeira conversa desse nível desde que Washington rompeu suas relações diplomáticas com Taipé em 1979.

A equipe de transição de Trump informou em comunicado que o presidente eleito tinha falado por telefone com a governante taiwanesa, na qual ela felicitou o magnata por sua vitória e ambos "destacaram os estreitos vínculos econômicos, políticos e de segurança que existem entre Taiwan e Estados Unidos".

O ex-presidente democrata Jimmy Carter declarou formalmente Pequim como o único governo da China em 1979, o que terminou com as relações diplomáticas formais dos EUA com Taiwan, onde Washington fechou sua embaixada no ano seguinte.

A campanha de Trump não esclareceu quem iniciou o contato, se a ligação partiu do multimilionário ou da presidente taiwanesa, que chegou ao poder no último mês de maio.

Os especialistas em política externa afirmam que essa conversa poderia alterar as relações entre Estados Unidos e China, independentemente de como fosse a aproximação.

A China considera a ilha de Taiwan uma província "rebelde" e parte do território sob sua soberania.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos