Termina resgate em minas da Colômbia onde explosão deixou 13 mortos

Em Bogotá

  • Jaime Saldarriaga/Reuters

    Equipe de resgate trabalham na busca por mineiros desaparecidos após explosão em uma mina, em Cucunuba, Colômbia

    Equipe de resgate trabalham na busca por mineiros desaparecidos após explosão em uma mina, em Cucunuba, Colômbia

As equipes de socorro da Colômbia finalizaram neste domingo os trabalhos de resgate em duas minas na região central do país, onde uma explosão deixou 13 mortos e um ferido.

"Durante mais de um dia, sem descanso algum, nossos socorristas recuperaram os corpos de 13 pessoas e resgataram uma ferida, sem qualquer incidente no processo", declarou a presidente da Agência Nacional de Mineração (ANM), Silvana Habib Daza, citada em comunicado do Ministério de Minas.

Ela acrescentou que mais de oito entidades trabalharam para recuperar às vítimas "em um tempo relativamente curto para este tipo de operação".

A explosão aconteceu perto da meia-noite da última sexta-feira nas minas de El Cerezo e La Guasca, no departamento de Cundinamarca.

O vice-ministro de Minas da Colômbia, Carlos Andrés Cante, pediu mais medidas de prevenção, garantias de segurança aos mineradores, o cumprimento dos protocolos e que operações ilegais sejam evitadas.

"Queremos que tragédias como esta não voltem a acontecer e que quem fizer explorações minerais o faça de maneira legal e cumprindo com todas as medidas de segurança que garantam a vida dos trabalhadores" afirmou Cante.

O Ministério informou que, com a conclusão das operações de resgate, começam as investigações da Agência Nacional de Mineração para determinar as causas do acidente, as responsabilidades e as sanções correspondentes.

Ontem à noite, o presidente Juan Manuel Santos expressou o seu pesar pelo acidente.

"Queria expressar as nossas condolências. Os nossos pensamentos e os nossos corações estão com as suas famílias", manifestou o governante, na Base Aérea de Catam, logo depois voltar de uma visita oficial à França.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos