PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Portugal tem 2º pior marca de contágios do novo coronavírus na pandemia

A imagem de um homem que espera em um ponto de ônibus é refletida em uma janela de ônibus, enquanto o país facilita o bloqueio devido à disseminação da doença por coronavírus (covid-19), na estação Cais do Sodre, em Lisboa, Portugal - RAFAEL MARCHANTE/REUTERS
A imagem de um homem que espera em um ponto de ônibus é refletida em uma janela de ônibus, enquanto o país facilita o bloqueio devido à disseminação da doença por coronavírus (covid-19), na estação Cais do Sodre, em Lisboa, Portugal Imagem: RAFAEL MARCHANTE/REUTERS

Da EFE, em Lisboa (Portugal)

27/10/2020 16h58

Portugal registrou hoje mais 3.299 casos de infecção pelo novo coronavírus, o que representa o segundo pior dia de notificações de contágio desde o início da pandemia da covid-19.

Além disso, nas últimas 24 horas, morreram 28 pessoas por causa da doença, segundo indicou boletim apresentado pela Direção Geral de Saúde do país.

Com isso, o total de casos de infecção no território português saltou para 124.432 e o de óbitos por covid-19 chegou a 2.371.

Até hoje, a maior quantidade de positivos confirmados para o patógeno foi de 3.669, no último sábado.

Dos casos registrados hoje pelas autoridades locais, dois terços foram na região norte de Portugal, cuja cidade mais importante é o Porto. Além disso, 12 mortes foram contabilizadas na área. Lisboa aparece como a segunda mais afetada no boletim desta terça-feira.

O número de pacientes também aumentou, em 75, chegando assim a 1.747, marca mais alta desde o início da pandemia da covid-19. Ao todo, 253 estão internadas em unidades de terapia intensiva.

De acordo com estimativas o governo de Portugal, ainda nesta semana deverá ser alcançado o recorde de internações nas UTIs do país, que ainda é da primeira onda de contágio, com 271 pacientes.

No dia 4 de novembro, os cálculos das autoridades locais indicam que cerca de 3 mil pessoas estão hospitalizadas, sendo que 444 delas em unidades de terapia intensiva.

Coronavírus