PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

Kim Jong-un parabeniza Ortega por reeleição sem oposição na Nicarágua

25.abr.2019 - O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin - Mikhail Svetlov/Getty Images
25.abr.2019 - O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, durante encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin Imagem: Mikhail Svetlov/Getty Images

Da EFE

12/11/2021 01h04Atualizada em 12/11/2021 07h36

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, parabenizou ontem o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, por ter sido reeleito para seu quinto mandato de cinco anos e quarto consecutivo nas eleições gerais do último domingo, que não foram reconhecidas pela maioria da comunidade internacional.

O governo nicaraguense divulgou uma carta de Kim Jong-un na qual ele oferece "calorosas felicitações em nome do governo e do povo da República Popular Democrática da Coreia".

"Aproveito esta oportunidade para expressar minha convicção de que as relações de amizade e cooperação entre nossos povos serão ainda mais intensificadas e desenvolvidas", acrescentou.

O neto e herdeiro de Kim Il-sung, o pai fundador da ideologia Juche, também desejou a Ortega "todo sucesso no cumprimento de suas altas responsabilidades para o desenvolvimento independente do país".

O presidente da Nicarágua, que completou 76 anos nesta quinta, foi reeleito com 75,87% dos votos. O pleito é questionado internacionalmente devido às detenções, desde junho, de sete candidatos presidenciais de oposição apontados como os principais adversários de Ortega.

O líder sandinista, que comandou uma junta governante de 1979 a 1984 e presidiu o país pela primeira vez de 1985 a 1990, acusou os líderes da oposição de tentar derrubá-lo com o apoio dos Estados Unidos, algo que o governo americano negou veememente.

Internacional