PUBLICIDADE
Topo

Centenas de migrantes desembarcam em praia da Sicília, na Itália

24/05/2020 13h28

Cerca de 400 migrantes desembarcaram ilegalmente neste domingo (24) em uma praia na Sicília, no sul da Itália, de acordo com a polícia local. Os migrantes teriam sido abandonados por um barco não identificado a alguns metros da costa de uma praia na região de Agrigento, no sul da ilha, que depois partiu novamente.

Um helicóptero da polícia e vários barcos da guarda costeira tentavam localizar a embarcação clandestina. Assim que chegaram à praia, os migrantes saíram correndo em pequenos grupos, pelas estradas e campos. Alguns pediram água e carona aos motoristas, segundo o jornal local "Agrigento Notizie".

Há anos um desembarque tão grande não ocorria na costa da Sicília, segundo as autoridades. A chegada de grupos menores de migrantes é mais frequente nas costas do país. Ainda neste domingo, 52 pessoas desembarcaram na pequena ilha de Linosa, não muito longe de Lampedusa, no sul da Sicília, segundo as autoridades italianas. Eles estavam a bordo de um barco de 10 metros.

Migrantes tunisianos em Lampedusa

Neste sábado (23), 20 pessoas chegaram a bordo de um bote, no meio dos banhistas, em uma praia em Marsala, a oeste da Sicília.Um grupo de tunisianos também desembarcou em Lampedusa e outros 40 foram interceptados perto do litoral da ilha italiana pela guarda-costeira.

Pela primeira vez desde o fim do confinamento na Itália, um barco transportando sete pessoas desembarcou sexta-feira à noite na Sardenha. De acordo com dados do Ministério do Interior italiano, 4.445 migrantes chegaram ao país desde o início do ano.

(Com informações da AFP)

Internacional