Suspeitos do atentado de Boston pensavam em ir para Nova York

Em Boulder (Colorado)

NOVA YORK, 24 Abr 2013 (AFP) - Os dois suspeitos dos atentados na Maratona de Boston pensavam em ir para Manhattan depois das explosões, informou o chefe da polícia de Nova York, Ray Kelly, citando o depoimento de uma testemunha aos investigadores.

Segundo Kelly, o motorista de um carro roubado por Tamerlan e Dhzojar Tsarnaev na noite de quinta-feira em Cambridge (perto de Boston) ouviu os dois irmãos de origem chechena mencionar a palavra "Manhattan".

"Estavam falando em russo ou checheno, um idioma que o motorista não entendia. Mas ele acha que ouviu a palavra 'Manhattan'", afirmou Kelly.

Pouco depois de ouvir essa conversa, o motorista conseguiu fugir dos suspeitos, que foram localizados pela polícia, dando lugar a um tiroteio que culminou na morte de Tamerlan, de 26 anos. Dhzojar, de 19 anos, foi capturado horas mais tarde.


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos