Topo

CarnaUOL

Blocos de rua


Música brasileira faz a festa de aniversário de SP carnavalesca e dançante

Marcelo Justo/UOL
O casal Marti e Renata de Castro adorou as músicas Imagem: Marcelo Justo/UOL

Patricia Larsen

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-01-25T20:21:57

25/01/2019 20h21

O DJ Rodrigo Bento, da festa Pilantragi, e Tutu Moraes, da Santo Forte, balançaram o centro de São Paulo em festa que celebrou o aniversário da cidade, nesta sexta-feira (25). Com um repertório formado por música brasileira, os DJs não deixaram ninguém parado -até os moradores de rua da região central entraram na folia.

No palco, localizado ao lado do histórico prédio dos Correios, no Vale do Anhangabaú, Tutu Moraes assumiu o picape às 14h, ainda com pouco público. Os moradores da região, no entanto, já estavam a postos e cantaram animadamente Tim Maia, Caetano Veloso e outros clássicos da música popular brasileira. Perto das 15h, o cenário começou a mudar com a chegada dos apaixonados pelas festas Santo Forte e Pilantragi.

"Vou a todas desde 2013. O set sempre é incrível", disse Luís Carlos dos Reis Junior. Bruno Hobi e Welington Souza também são fãs. "Não existe música melhor para dançar e se divertir com os amigos", contou Souza.

Para Giovane Ramos, a brasilidade das festas é difícil de ser encontrada. "Poucas baladas são tão excelentes como as feitas pelo Pilantragi. Fui aos ensaios, no bloco, em tudo", disse o folião (confira a programação dos blocos de São Paulo).

Marcelo Justo/UOL
Mariza Daniel e Maria José Almeida foram curtir as festas no centro de SP Imagem: Marcelo Justo/UOL
A animação da festa também atraiu pessoas que não conheciam os DJs. "Eu sou do Maranhão e estou há pouco tempo em São Paulo. Viemos para o aniversário da cidade e, quando chegamos neste palco, não conseguimos mais sair", contou Renata de Castro, recém-casada com Marti de Castro. "No Carnaval, vou procurar o bloco deles", disse o marido.

A música e a animação atraíram as amigas Mariza Daniel e Maria José Almeida. "Todas as festas deveriam tocar essas músicas. Sei as letras e adoro cantar junto", revelou Maria José.

As senhoras, que saíram da zona sul para aproveitar o feriado no centro, até anotaram os nomes das festas. "É para a gente não esquecer. Assim, quando essa festa voltar para o centro, a gente vem de novo", disse Mariza.

Bento tocou até as 18h e, mesmo com chuva torrencial, o público não desanimou. Com capas e guarda-chuvas, o baile continuou animado até o fim.

Marcelo Justo/UOL
Nem a chuva fez com que as pessoas parassem de dançar Imagem: Marcelo Justo/UOL

Mais Blocos de rua