PUBLICIDADE
Topo

Balaio do Kotscho

Há outras perguntas para se fazer ao presidente

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante live semanal desta quinta (3) - Reprodução/YouTube
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante live semanal desta quinta (3) Imagem: Reprodução/YouTube
Ricardo Kotscho

Ricardo Kotscho, 72, paulistano e são-paulino, é jornalista desde 1964, tem duas filhas e 19 livros publicados. Já trabalhou em praticamente todos os principais veículos de mídia impressa e eletrônica. Foi Secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República (2003-2004). Entre outras premiações, foi um dos cinco jornalistas brasileiros contemplados com o Troféu Especial de Direitos Humanos da ONU, em 2008, ano em que começou a publicar o blog Balaio do Kotscho, onde escreve sobre a cena política, esportes, cultura e histórias do cotidiano

Colunista do UOL

05/09/2020 14h42

Já que não quer mais falar com a imprensa, desde a prisão de Queiroz, me arrisco a fazer algumas perguntas por escrito a Vossa Excelência.

Além daquela que não quer calar _ "Por que Queiroz depositou R$ 89 mil na conta da primeira-dama Michelle?" _ há muitas outras que aguardam alguma resposta.

Listo aqui algumas perguntas, que a Jovem Pan nunca fará na livre do presidente. Os caros leitores poderão acrescentar outras na área de comentários.

* Por que disse esta semana que precisa consultar o governo dos EUA antes de tomar uma decisão sobre o 5G no Brasil? Não seria também o caso de consultar a China, nosso principal parceiro comercial, que tem uma tecnologia semelhante?

* Por que o governo quadruplicou a verba de propaganda para o próximo ano? Por que a maior fatia do bolo fica com o SBT e a Record, se a Globo tem mais audiência do que as duas juntas?

* Se não tem nada para esconder, como afirmou ao comemorar a vitória na Justiça que censurou a cobertura do Jornal Nacional sobre o seu "procedimento", por que o teu filho Flávio 01 não convoca uma entrevista coletiva para esclarecer de uma vez por todas essa história de "rachadinhas" com o velho amigo Queiroz e a relação dele com as milícias? Por que tanto suspense?

* Por que Queiroz estava escondido na casa do seu ex-advogado Frederick Wassef quando foi encontrado pela polícia? Por que, depois disso, Wassef deixou de frequentar os palácios e eventos presidenciais?

* Por que os militares ficaram de fora da Reforma Administrativa e podem acumular o soldo com os salários no governo, com vencimentos muito acima do teto de R$ 39 mil?

* Por que se aliou ao Centrão depois de passar a campanha toda criticando a velha política do é dando que se recebe? Quem mudou?

* Por que em seu governo está sendo desmantelada a operação Lava Jato, depois de se eleger com a bandeira do combate à corrupção?

* Por que o governo já trocou tantas vezes o ministro da Educação e o secretário de Cultura e mantém o ministro do Meio Ambiente, que causa imensos prejuízos à economia e à imagem do país?

* Por que nomeou um procurador-geral da República fora da lista tríplice e insistiu tanto com Moro para trocar a chefia da Polícia Federal no Rio, até ele pedir demissão?

* Por que o Ministério da Saúde continua com um general interino há mais de três meses em plena pandemia do coronavírus?

* Por que o Brasil deixou de ser visitado por chefes de Estado e de governo de outros países?

* Por que pediu "patriotismo" aos donos de supermercados para não aumentarem os preços e não pede o mesmo aos bancos para baixarem os juros?

* O superministro Paulo Guedes fica no governo ou já está sendo estudada alguma alternativa para conciliar o equilíbrio fiscal com a campanha pela reeleição?

* Por que não fala mais com a imprensa?

Este espaço está à disposição do governo para publicar as respostas, caso haja interesse, e dos internautas para também fazerem suas perguntas. .

Bom final de semana.

Vida que segue.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Balaio do Kotscho