Carla Araújo

Carla Araújo

Reportagem

Coronel que pediu golpe a Cid irá para a reserva com salário de R$ 26 mil

O coronel Jean Lawand Júnior, que mandou mensagens pedindo que Mauro Cid convencesse o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) a colocar em prática um golpe de Estado, se aposentará a partir de janeiro do ano que vem.

No último dia 27, o Diário Oficial da União registrou a transferência do coronel "a pedido" para a reserva remunerada, a partir de 1º de janeiro de 2024. O salário bruto do militar é de R$ 26 mil, valor que continuará sendo pago de forma integral.

Segundo fontes do Exército ouvidos pela coluna, tratou-se de uma decisão pessoal do coronel, que pelo tempo de serviço - mais de 30 anos - preenche os requisitos legais para solicitar a passaram para a reserva.

Lawand foi ouvido em junho pela CPI dos atos golpistas e, na ocasião, negou ter falado ou incentivado um golpe de Estado. Segundo ele, as mensagens que enviou ao ex-ajudante de ordens da Presidência Mauro Cid foram para pedir para que Bolsonaro "apaziguasse" o país.

Apesar disso, mensagens encontradas pela Polícia Federal no celular do tenente-coronel Mauro Cid demonstram que um golpe de Estado foi encorajado e que houve a elaboração de um roteiro para a ação.

Mensagens mostram que entusiastas esperavam por ação de Bolsonaro

Convença o 01 a salvar esse país!
Jean Lawand Junior, em referência a Bolsonaro

Cid, pelo amor de Deus, o homem [Bolsonaro] tem que dar a ordem. Se a cúpula do EB [Exército Brasileiro] não está com ele, da divisão para baixo está. Assessore e dê-lhe coragem.
Jean Lawand Junior

Pelo amor de Deus, Cidão. Pelo amor de Deus, faz alguma coisa, cara. Convence ele a fazer. Ele não pode recuar agora. Ele não tem nada a perder. Ele vai ser preso. O presidente vai ser preso. E, pior, na Papuda, cara
Jean Lawand Junior

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes