Carolina Brígido

Carolina Brígido

Siga nas redes
Reportagem

Flavio Dino defende Forças Armadas no Rio para ajudar a conter violência

O ministro da Justiça, Flavio Dino, tem defendido a presença das Forças Armadas no Rio de Janeiro para ajudar a conter a onda de violência no estado. Ontem (23), o ministro conversou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o assunto. A ideia de Dino seria aproveitar os militares para ações planejadas. Ele descarta, porém, a possibilidade de intervenção federal.

Na semana passada, o governador Claudio Castro telefonou para Lula para pedir a presença de militares no Rio para reforçar o combate ao tráfico de drogas. Castro quer que o governo federal autorize o patrulhamento de tropas militares da Marinha na Baía de Guanabara e nos portos do estado, além da Aeronáutica nos aeroportos Galeão e Santos Dumont. O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, estaria estudando como as tropas poderiam atuar.

Dino defende a presença das Forças Armadas no estado especialmente porque o efetivo da Força Nacional não é grande o suficiente para enfrentar a situação. O titular da Justiça e o governador do Rio tentam dar uma resposta à onde crescente de violência que tomou conta do estado nas últimas semanas.

A Força Nacional e a Polícia Rodoviária Nacional já atuam no patrulhamento das rodovias do estado, junto com a equipe de inteligência da Polícia Federal. Na semana passada, Castro, Dino e o secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli, se reuniram para discutir os próximos passos.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes