PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Alves


Chico Alves

Homem desfaz homenagem a mortos da covid-19. Pai que perdeu filho reage

Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

11/06/2020 12h08

A organização Rio de Paz fez hoje na praia de Copacabana um protesto contra a sucessão de erros do governo federal no combate à pandemia de coronavírus. Em homenagem aos mortos, os integrantes da ONG fincaram dezenas cruzes na areia. Inconformado com a ação, um homem invadiu o espaço do protesto e derrubou várias dessas cruzes.

Logo em seguida, outro homem foi para o local e passou a repor os artefatos. "Meu filho morreu com essa merda aí. Vinte e cinco anos!", dizia ele, enquanto pegava as cruzes caídas para fincá-las novamente na areia. O vídeo que mostra o incidente circula nas redes sociais.

Os organizadores do ato reclamam da "sucessão de erros" cometidos pelo governo federal no enfrentamento à pandemia, que causou quase 40 mil mortes no país.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Chico Alves