PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves

Vídeo mostra Crivella descontrolado chamando Doria de "viado" e "vagabundo"

Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

19/11/2020 08h48

Conhecido pelo comportamento discreto e pela voz serena, o prefeito do Rio e candidato à reeleição Marcelo Crivella (Republicanos) perdeu as estribeiras em reunião realizada ontem com colaboradores, na Barra da Tijuca. Defendendo-se das acusações de não ter repassado dinheiro para pagamento de servidores da saúde, Crivella reclamou das organizações sociais que atuam na área. No auge da irritação, aos gritos, atacou o governador de São Paulo, João Doria.

"Sabe de quem é essa OS de São Paulo? É do João Doria! Viado! Vagabundo!", bradou o prefeito. Em seguida, foi aplaudido pela plateia. Crivella é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus.

Antes dos xingamentos, o prefeito disse que entrou na Justiça contra as OSs, que, segundo ele, receberam dinheiro para quitar os salários dos funcionários, mas optaram por pagar a fornecedores.

Em postagem no Twitter, o prefeito do rio pediu desculpas: "A fala foi um momento de revolta pela o OS reter o salário de médicos e enfermeiros mesmo tendo recebido da prefeitura. Em tempos de pandemia isso pode custar vidas. Gostaria de pedir desculpas pelos excessos, e ao governador João Doria".

O governador João Doria publicou comentário sobre o assunto, também no Twitter: "Lamento que o prefeito do Rio de Janeiro, um pastor que deveria ser um exemplo, faça ataques, use palavrões e o preconceito para se referir a um governador. O prefeito Crivella se apequena e lamentavelmente encerra seu ciclo de forma melancólica.".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.