Josmar Jozino

Josmar Jozino

Siga nas redes
Reportagem

Presa faz fotos de biquíni e nua em cela na PB e posta em sites de adultos

A presa Brenda Ferreira, que está na Penitenciária Feminina de Patos, na Paraíba, produziu de dentro da cela fotos e vídeos íntimos para vender o conteúdo em sites adultos. As imagens acabaram vazando e viralizaram nas redes sociais.

A reportagem não conseguiu contato com os advogados de Brenda. A direção da unidade prisional foi comunicada e imediatamente determinou uma revista na cela em que ela está detida. Segundo agentes penitenciários, no xadrez dela foram apreendidos um telefone celular, carregador e fone de ouvido.

Nas imagens, a prisioneira aparece fazendo poses sensuais no banheiro da cela. Em outra fotografia postada, Brenda está deitada na cama, de bruços, sorrindo e com parte da língua para fora da boca. A presidiária vestia apenas um biquíni vermelho.

A detenta repassava as imagens para produtores de sites que pagavam pelas fotos e vídeos. O material foi postado posteriormente em grupos de aplicativos. A diretora do presídio, Alessandra Malaquias, comunicou que Brenda terá que deixar o OnlyFans, serviço de conteúdo de entretenimento para adultos.

Brenda Ferreira, que fez fotos nua e de biquíni de dentro da cela e do banheiro da prisão na Paraíba
Brenda Ferreira, que fez fotos nua e de biquíni de dentro da cela e do banheiro da prisão na Paraíba Imagem: Reprodução

Brenda foi presa em 8 de fevereiro do ano passado em São José do Egito, Pernambuco, em uma ação conjunta de policiais pernambucanos e paraibanos. Ela foi acusada de ser mandante do assassinato de um homem.

A reportagem procurou o secretário da Administração Penitenciária da Paraíba, João Alves Albuquerque, e foi informada que ele estava em compromisso externo e não poderia falar.

Em nota divulgada, a Seap (Secretaria da Administração Penitenciária) da Paraíba diz que a "Corregedoria da pasta já foi acionada e todas as providências cabíveis estão sendo tomadas para que haja a responsabilização dos envolvidos na medida de seus atos."

A nota diz ainda que "tais fatos isolados não condizem com a realidade do atual sistema prisional paraibano, renovando o compromisso com a moralidade, segurança e fiel cumprimento das Leis".

Continua após a publicidade

Desmoralização total

Ex-secretário da Seap da Paraíba no período de 2011 a 2014, o deputado estadual Walber Virgulino (PL) disse à reportagem que as fotos e vídeos feitos pela presa no interior da cela da Penitenciária Feminina de Patos representam a desmoralização total da segurança pública no estado.

Segundo o parlamentar, que também já foi secretário da Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte de 2015 a 2017, é necessário instalar bloqueadores de celular nas unidades prisionais para coibir o uso de telefone por parte dos presidiários.

"A segurança pública precisa ser tratada com mais seriedade. Temos de criar mecanismos para evitar situações como essa. No Brasil, o preso acha que é maior do que o estado", comentou o deputado.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes