Conteúdo publicado há 4 meses
Kennedy Alencar

Kennedy Alencar

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Governo prevê Dino aprovado no Senado com 49 a 52 votos

O colunista do UOL Kennedy Alencar afirmou durante o programa Análise da Notícia que o ministro da Justiça, Flávio Dino, deverá ser aprovado pelo Senado para a vaga no STF (Supremo Tribunal Federal). A previsão do governo é de que Dino receba ao menos 49 votos favoráveis.

Governo prevê aprovação de Dino para o STF no Senado com placar de 49 a 52 votos a favor. Kennedy Alencar

Amanhã (13), Dino e o procurador Paulo Gonet, indicados respectivamente ao STF e à PGR (Procuradoria-Geral da República), serão sabatinados no Senado e, além do apoio do governo, Dino também conta com a ajuda de alguns ministros do Supremo em uma espécie de força-tarefa pela aprovação de seu nome.

O governo entrou em campo. E alguns ministros do Supremo também. Por exemplo, o ministro Gilmar Mendes tem boa relação com alguns parlamentares da oposição e andou dando alguns telefonemas pedindo para receberem o Dino e apoiarem a indicação. Alexandre de Moraes, com pessoas com quem ele tem interlocução, sobretudo pelo período em que foi ministro da Justiça no governo Temer, além de também ter pertencido ao PSDB, também entrou em campo. Kennedy Alencar

Para que o nome de Dino seja aprovado no Senado, é necessário que ao menos 41 dos 81 senadores votem a favor de sua indicação. O governo considera que cerca de 49 votos são garantidos e os aproximadamente 30 votos contra, refletem exatamente o tamanho da oposição no Senado.

Esse é o tamanho mais ou menos da oposição no Senado. O governo tem maioria no Senado em uma aliança com setores conservadores como o PSD, o Pacheco, o MDB e o Eduardo Braga. (...) para o Gonet, estão esperando 60 votos para cima porque é um procurador conservador. Então, vai contar com o apoio das forças do governo e também tem melhor trânsito com figuras conservadoras da oposição. A expectativa do governo é que o Gonet tenha, no mínimo, 60 votos. Kennedy Alencar

Buscando aumentar seu número de votos e construir alianças com setores conservadores antes da sabatina na CCJ, Dino também adotou uma postura mais tranquila nos últimos dias, deixando de lado embates que podem significar perda de votos para uma cadeira no STF.

Dino está de perfil baixo. Aquele Dino mais aguerrido, que nos depoimentos no Senado e no Congresso enfrentava mais aguerridamente os parlamentares, está indo para a sabatina mais zen. O objetivo dele é de uma postura de ministro do Supremo. A oposição quer pressionar o Dino, mas o governo vai colocar seus aliados para ajudar e o Dino é muito experiente. Não acho que vai cair em casca de banana. Ele vai se segurar porque não interessa o embate. Kennedy Alencar

***

Continua após a publicidade

O Análise da Notícia vai ao ar às terças e quartas, às 18h30.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja abaixo o programa na íntegra:

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes