Conteúdo publicado há 2 meses
Kennedy Alencar

Kennedy Alencar

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Lula quer evitar que preferido de Lira assuma Câmara em 2025

O colunista do UOL Kennedy Alencar afirmou durante o programa Análise da Notícia que Lula (PT) deve ceder ao centrão para evitar que o candidato preferido de Arthur Lira (PP-AL) assuma a presidência da Câmara após o mandato do próprio Lira.

Lula quer evitar que o preferido de Lira assuma a Câmara em 2025. Ele topa o centrão, mas não quer candidato de Lira. Kennedy Alencar

De acordo com Kennedy, Lula sabe que terá que fazer uma composição com algum candidato do centrão e não pretende entrar em uma briga de "peito aberto" contra Arthur Lira. O atual presidente não quer repetir o gesto de Dilma Rousseff, que lançou um candidato contra Eduardo Cunha e, por isso, começa a acenar para o deputado Marcos Pereira (Republicanos-ES).

Basicamente a estratégia do Lula é dar corda para o Marcos Pereira sem repetir a Dilma, que lançou um candidato do PT contra Eduardo Cunha e perdeu. Lira está se enfraquecendo, mas tem um ano de mandato pela frente e ainda pode brigar por emendas parlamentares. Lula está tentando dar um jeito. Kennedy Alencar

O preferido de Arthur Lira para assumir seu posto a partir de 2025 é Elmar Nascimento (União Brasil-BA), pois o atual presidente da Câmara pensa que irá conseguir manter sua influência no Congresso neste cenário.

Lula começou a dar uma piscada para Marcos Pereira, que é vice-presidente da Câmara. Ele começou o mandato do Lula meio distante, mas vem ensaiando uma aproximação. Viajou com o Lula para São Paulo na sexta-feira, é muito habilidoso e é da Igreja Universal. Lula quer uma reaproximação com os evangélicos por conta da reeleição de 2026 e Pereira tem um estilo menos trator do que Lira e Elmar Nascimento. Enquanto Lira repete a truculência de Eduardo Cunha, Marcos Pereira é mais jeitoso. Kennedy Alencar

Outro fator que joga contra Elmar Nascimento é que Davi Alcolumbre (União Brasil-AP) deverá ser o próximo presidente do Senado, e dificilmente o União Brasil iria presidir Câmara e Senado. Além disso, Lula cultiva boa relação com Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e, por isso, deve apoiar a eleição de Alcolumbre no Senado.

Tem um complicador para Elmar Nascimento, porque Davi Alcolumbre também é do União Brasil e quer ser o sucessor de Rodrigo Pacheco no Senado. Ele tem o apoio do Pacheco e vai ser muito difícil tirar a eleição do Alcolumbre. Fica difícil o União Brasil ter o presidente do Senado e da Câmara, e Lula tem muito mais simpatia pelo Marcos Pereira. (...) Lula vai resistir e vai ter ataques e recuos na relação com Lira, mas ele conta com a boa relação com Pacheco nessa tática. Lula cultiva isso o tempo inteiro, então Pacheco é importante nesse jogo e na balança de poder entre Executivo e Legislativo. Kennedy Alencar

***

Continua após a publicidade

O Análise da Notícia vai ao ar às terças e quartas, às 13h e às 14h30.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja abaixo o programa na íntegra:

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.