PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Comentarista Caio Coppolla vai deixar a CNN Brasil no final do mês

O comentarista Caio Coppolla na CNN Brasil - Reprodução
O comentarista Caio Coppolla na CNN Brasil Imagem: Reprodução
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

07/10/2021 18h18Atualizada em 29/10/2021 17h31

Um dos mais controvertidos comentaristas da CNN Brasil, Caio Coppolla não terá o seu contrato renovado ao final de outubro. Segundo a coluna apurou, a decisão foi tomada em comum acordo.

Coppolla está afastado do canal já há cinco meses, desde o fim do quadro "O Grande Debate".

Defensor de posições de direita, o bacharel em direito foi um oponente difícil aos vários advogados escalados para representar visões de esquerda nos debates que o canal promoveu. Assim como ocorreu com Alexandre Garcia, demitido há duas semanas, comentários seus sofreram contrapontos de apresentadores da CNN para refutar fake news ou imprecisões.

Vindo da Jovem Pan, onde atuava no programa "Morning Show", Coppola participou da CNN Brasil desde o princípio, em março de 2020. Ele foi escalado como um dos integrantes de "O Grande Debate" em contraponto à advogada Gabriela Prioli.

Depois de pouco mais de suas semanas no ar, Gabriela Prioli pediu para deixar o quadro, mas permaneceu ligada ao canal. Coppolla, então, se contrapôs ao advogado Augusto de Arruda Botelho, que também pediu para sair após alguns meses, em julho de 2020, acusando o oponente de difundir inverdades sobre a pandemia de coronavírus.

O substituto de Arruda Botelho foi o advogado Marcelo Feller, que foi afastado após sete dias. Em seu lugar entrou o advogado Bruno Salles, que permaneceu até o final do quadro, sendo eventualmente substituído pela advogada Priscila Pamela dos Santos.

Em janeiro deste ano, a Jovem Pan chegou a anunciar o retorno de Coppolla à programação a partir de 1º de fevereiro. Mas a rádio teve que voltar atrás e negar o acerto. O contrato do comentarista com a CNN garantia exclusividade ao canal de notícias. É possível imaginar que este seja o seu destino agora.

Atualização em 29/10: A CNN Brasil divulgou um comunicado sobre a rescisão. Veja abaixo:

O contrato entre a CNN Brasil e o comentarista político Caio Coppolla se encerra no próximo dia 31, e as partes comunicam que decidiram, em comum acordo, não renovar a parceria de dois anos. A edição da tarde do quadro Liberdade de Opinião, do qual Coppolla fazia parte, não voltará ao ar.

Convidado para ser um dos participantes de "O Grande Debate" para o lançamento da emissora, Coppolla teve destacado papel na construção da identidade plural da CNN. No início de 2021, Coppolla assumiu um dos postos em "Liberdade de Opinião" da edição da tarde. Os dois quadros foram líderes de audiência em diversos momentos. "Foram dois anos de muita experiência e aprendizado em um ambiente de excelência", disse Coppolla ao se despedir da redação.

Com o término da atração, a jornalista Rita Lisauskas, que participava do quadro, também deixa a empresa em comum acordo. "Sou muito grata pela oportunidade de ter feito parte, mesmo por um curto período, da CNN Brasil", comentou Rita, que estava contratada desde janeiro.

A CNN agradece a importante contribuição de Coppolla e Rita para a diversidade de ideias na programação da emissora e deseja sucesso e sorte aos profissionais em seus novos projetos.