Topo

Polícia prende suspeito de assassinatos em série em Goiás

Divulgação
Thiago Henrique Gomes da Rocha, 26, acusado de matar 39 pessoas em Goiás Imagem: Divulgação

Lourdes Souza

Do UOL, em Goiânia

2014-10-15T12:33:14

2014-10-15T13:56:14

15/10/2014 12h33Atualizada em 15/10/2014 13h56

Um homem de 26 anos foi preso temporariamente pela Polícia Civil e é apontado como suspeito de 39 mortes em Goiânia, incluindo 15 mulheres desde o início do ano. Após a detenção, que aconteceu na tarde de terça-feira (14), ele teria confessado ser o autor dos assassinatos de mulheres, homossexuais e moradores de rua, segundo a polícia.

Apontado como o suposto serial killer (assassino em série),  o homem, que trabalhava como vigilante há um mês numa empresa da cidade, foi preso no início do ano por adulteração de placas de motos. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38.

Identificado como Thiago Henrique Gomes da Rocha, o preso foi submetido a exame de identificação criminal no Instituto Médico Legal. Em depoimento, ele afirmou que matava para aliviar uma angústia que sentia, de acordo com a polícia. O suspeito não foi apresentado pela polícia nem tem advogado constituído.

A ordem de prisão provisória foi expedida pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara. O secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, falará sobre o caso na tarde de hoje.

A polícia civil mantém as investigações e neste momento o preso presta depoimento na Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

Esse não é o primeiro suspeito preso, outros dois homens foram presos e negaram envolvimento os assassinatos. Um está solto e outro está preso cumprindo dois anos de detenção por receptação de moto roubada. A polícia não conseguiu comprovar o envolvimento destes homens com os assassinatos em série. (Estadão Conteúdo)

Mais Cotidiano