MP fecha acordo para liberação de doações às famílias de Mariana (MG)

Rayder Bragon

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

  • Mister Shadow/Estadão Conteúdo

    Moradores vasculham destroços das casas onde moravam em busca de pertences em Bento Rodrigues, Mariana (MG)

    Moradores vasculham destroços das casas onde moravam em busca de pertences em Bento Rodrigues, Mariana (MG)

O MPE-MG (Ministério Público Estadual de Minas Gerais) assinou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com a Prefeitura de Mariana (MG) para a liberação do dinheiro arrecadado por meio de doações aos atingidos pela lama da Barragem de Fundão.

Segundo o MP, após cadastramento das famílias, R$ 800 mil, de um total de R$ 1,1 milhão, serão liberados em uma primeira etapa. A previsão é que o valor a que cada família terá direito seja liberado após o dia 23 deste mês. Segundo a Prefeitura de Mariana, 385 famílias teriam direito ao valor.

Em uma segunda etapa, as famílias que porventura não tenham sido contempladas na primeira fase poderão sacar os valores. O TAC foi assinado na última sexta-feira (11).

O MP havia instaurado um inquérito civil público para fiscalizar as três contas bancárias abertas pela administração municipal para receber as doações, que foram feitas de todas as partes do país, segundo o órgão. A intenção do MP foi a de "garantir que os recursos sejam efetivamente destinados às pessoas atingidas, evitando-se desvios".

Outros R$ 800 mil que foram doados por artistas serão destinados para recuperação e ajuda a comunidades à beira do rio Doce. 

Mais um corpo encontrado em Mariana

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos