Topo

Chuva no RJ: Witzel culpa abandono e falta de responsabilidade de prefeitos

Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

07/02/2019 13h05Atualizada em 07/02/2019 14h45

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), culpou prefeitos pelos problemas gerados pela chuva que atingiu a região da capital do estado na noite de quarta-feira (6). Ao menos seis pessoas morreram em razão de episódios decorrentes do temporal na cidade carioca. Também houve ocorrências em Mangaratiba. 

Nesta quinta-feira (7), Witzel sobrevoou as áreas dos bairros de Barra da Guaratiba e do Vidigal, atingidos pela chuva. "E o que nós assistimos é que há uma ocupação absolutamente desordenada, que causa o desmatamento e o risco de desabamento". 

Ele diz que "se fechou os olhos para a ocupação desordenada". "E o resultado são essas tragédias que estamos assistindo".

São décadas de abandono, de falta de responsabilidade dos prefeitos que não fiscalizam as áreas que não podem ser edificadas

Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro

Para o governador, as prefeituras não estariam fiscalizando moradias em áreas de risco. "O que nós estamos assistindo é ao abandono, por parte das prefeituras, de fiscalização", comentou. No entanto, ele não se referiu especificamente ao prefeito Marcelo Crivella (PRB), que governa a capital.

Witzel disse que os prefeitos em geral precisam fazer "seu dever de casa". "Eles têm que fiscalizar, notificar, retirar essas pessoas e planejar novas áreas de expansão imobiliária", avaliou Witzel. 

"Eu estou fazendo a minha parte", complementou o governador, dizendo que estava reunindo prefeitos para ajudá-los a "planejar áreas de expansão imobiliária" e retirar famílias de áreas de alto risco.

Segundo o Centro de Operações Rio, a previsão do tempo para a noite desta quinta é chuva fraca a moderada. Para a madrugada e manhã de sexta, não há previsão de chuva, apenas tempo nublado

Cotidiano