Topo

Motorista embriagado atropela quatro em calçada de Passo Fundo (RS)

Jeep Cherokee danificada após motorista atropelar quatro pessoas em Passo Fundo (RS) - Leandro Vesoloski/Uirapuru/Divulgação
Jeep Cherokee danificada após motorista atropelar quatro pessoas em Passo Fundo (RS) Imagem: Leandro Vesoloski/Uirapuru/Divulgação

Luciano Nagel

Colaboração para o UOL,

13/08/2019 14h33

Um motorista embriagado atropelou quatro pessoas que estavam em uma calçada no centro da cidade de Passo Fundo, região norte do Rio Grande do Sul. O crime ocorreu na rua Independência por volta das 6h da manhã de ontem em frente a uma lanchonete.

Dentro do veículo havia garrafas de bebida alcoólica. Na ação, outros dois veículos foram atingidos pelo impacto.

De acordo com a Polícia Civil, o motorista identificado como Guilherme Machado Genro, 25, conduzia um veículo Jeep Cherokee. As vítimas foram socorridas pela equipe de resgate do SAMU e conduzidas ao hospital São Vicente de Paulo. Henrique Machado Dias, de 21 anos e Luan da Luz dos Santos, de 19.

A reportagem do UOL entrou em contato com o setor de emergência da instituição na noite de ontem, que informou que Henrique já obteve alta e que Luan da Luz dos Santos permanece internado em estado estável e sem previsão de deixar o hospital.

Já as outras duas vítimas do atropelamento foram encaminhadas para o hospital de Clínicas de Passo Fundo. As identidades e o estado de saúde de ambos não foram revelados pelo setor de informações do hospital.

Guilherme Machado Genro foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio com dolo eventual. Ele se recusou de fazer o teste do "bafômetro". O delegado responsável pela investigação, Fábio Idalgo pediu durante o dia ao Poder Judiciário a prisão preventiva do rapaz, que na mesma data foi homologada pelo juiz de Direito, Alan Peixoto de Oliveira.

O documento afirma que "o flagrado, conforme se verifica na certidão de antecedentes criminais acostada aos autos, responde por diversos estelionatos. Além disso, há pouco mais de um mês e meio foi preso em flagrante por dirigir embriagado além de ter desacatado os policiais e não ter obedecido a ordem de parada emitida pelas autoridades", escreveu o juiz na expedição do documento.

Mais Cotidiano